Warning: Declaration of Walker_Page::start_lvl(&$output, $depth) should be compatible with Walker::start_lvl(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/post-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Page::end_lvl(&$output, $depth) should be compatible with Walker::end_lvl(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/post-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Page::start_el(&$output, $page, $depth, $args, $current_page) should be compatible with Walker::start_el(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/post-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Page::end_el(&$output, $page, $depth) should be compatible with Walker::end_el(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/post-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_PageDropdown::start_el(&$output, $page, $depth, $args) should be compatible with Walker::start_el(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/post-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Category::start_lvl(&$output, $depth, $args) should be compatible with Walker::start_lvl(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/category-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Category::end_lvl(&$output, $depth, $args) should be compatible with Walker::end_lvl(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/category-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Category::start_el(&$output, $category, $depth, $args) should be compatible with Walker::start_el(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/category-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Category::end_el(&$output, $page, $depth, $args) should be compatible with Walker::end_el(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/category-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_CategoryDropdown::start_el(&$output, $category, $depth, $args) should be compatible with Walker::start_el(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/category-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Comment::start_lvl(&$output, $depth, $args) should be compatible with Walker::start_lvl(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/comment-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Comment::end_lvl(&$output, $depth, $args) should be compatible with Walker::end_lvl(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/comment-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Comment::start_el(&$output, $comment, $depth, $args) should be compatible with Walker::start_el(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/comment-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Comment::end_el(&$output, $comment, $depth, $args) should be compatible with Walker::end_el(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/comment-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Nav_Menu::start_lvl(&$output, $depth) should be compatible with Walker::start_lvl(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/nav-menu-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Nav_Menu::end_lvl(&$output, $depth) should be compatible with Walker::end_lvl(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/nav-menu-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Nav_Menu::start_el(&$output, $item, $depth, $args) should be compatible with Walker::start_el(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/nav-menu-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Nav_Menu::end_el(&$output, $item, $depth) should be compatible with Walker::end_el(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/nav-menu-template.php on line 0

Warning: Creating default object from empty value in /home/blogpop/www/wp-content/plugins/smart-seo/smart_framework/functions/core.php on line 8

Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/blogpop/www/wp-includes/nav-menu-template.php:0) in /home/blogpop/www/wp-content/plugins/wp-greet-box/includes/wp-greet-box.class.php on line 493
Respeito ao próximo é a essência da etiqueta | BlogPop, Feito por Anônimos

Respeito ao próximo é a essência da etiqueta

@RachelKrishna 13/07/2009 1

Siga o Rio de Janeiro no Instagram: :)
Geralmente, muita gente torce o nariz quando ouve falar em etiqueta. É como se esse assunto só dissesse respeito a pessoas ricas e esnobes. Os especialistas explicam, porém, que essa visão é completamente equivocada. Requinte, boas maneiras e elegância vão muito além do modo como dispomos os talheres numa mesa de jantar ou da forma como manuseamos o garfo de peixe.

“Etiqueta é uma ‘ética’ do convívio cotidiano”, explica Angélica Santini, coordenadora do curso de publicidade e propaganda das Faculdades Integradas de Bauru (FIB). “As boas maneiras não têm nada de elitismo. Pelo contrário, são sinal de respeito para com o semelhante. É você não machucar, não ultrapassar limites e ser tolerante com o próximo”, afirma a educadora e consultora de etiqueta Glorinha Braga Ortolan.

Todos os povos têm suas regras de etiqueta. É possível encontrar referência às boas maneiras até na Bíblia. No capítulo 7 de seu Evangelho, o apóstolo Marcos narra que “os fariseus, apegando-se à tradição dos antigos, não comem sem lavar cuidadosamente as mãos”.

Em outra passagem das Escrituras, Lucas traz um episódio em que Jesus foi convidado para uma refeição na casa de um fariseu. Ao entrar na residência, o correto seria que o anfitrião oferecessse água para os pés de Jesus. Em seguida, deveria ter-lhe dado um beijo no rosto, em sinal de boas-vindas. Por fim, deveria ter ungido a cabeça do Messias com óleo perfumado.

O fariseu não seguiu nenhuma das regras de boa maneira, em vigor na época. Coube a “uma certa mulher, conhecida naquela cidade como pecadora”, dar o tratamento adequado a Jesus. “Ao saber que ele estava à mesa na casa do fariseu, trouxe um frasco de alabastro com perfume. Colocando-se por detrás dele e chorando, começou a banhar-lhe os pés com lágrimas; enxugava-os com os cabelos e beijava-os, ungindo-os com perfume”, narra Lucas.

Famoso por suas pinturas, o artista renascentista Leonardo Da Vinci exerceu inúmeras profissões, entre elas, as de “conselheiro para as edificações” e “mestre de festas e banquetes” na corte do duque Ludovico Sforza, de Milão. No final do século 15, ele escreveu um pequeno tratado sobre boas maneiras intitulado “Acerca do comportamento impróprio à mesa do meu amo”.

Entre as recomendações feitas por Leonardo estavam: não colocar os pés sobre a mesa; não tirar comida do prato do vizinho; não retirar comida da mesa, colocando-a na bolsa ou na bota para consumo ulterior; não soltar pássaros em cima da mesa e nem fazer o mesmo com cobras ou escaravelhos.

Já nessa época, começaram a surgir na Inglaterra os primeiros manuais de boas maneiras. O termo etiqueta surgiu na França, no século 17. Durante seu reinado, Luís XIV tinha o hábito de confeccionar bilhetinhos (denominados “étiquettes”) para instruir seus convidados sobre como se comportar nas festas da corte.

Com o passar do tempo, a etiqueta ultrapassou os limites das grandes ocasiões sociais e passou a ser aplicada em todos os aspectos da vida cotidiana. Existem regras de bom comportamento no trabalho, em casa, na rua, ao telefone, no restaurante e até na Internet – ou “netiqueta”, como costumam brincar os especialistas da área (leia mais no quadro ao lado).

“Etiqueta é saber falar quando se pode falar; ouvir quando é momento de ouvir; saber se relacionar no trânsito, no trabalho e nas ruas; saber como se colocar à mesa”, diz Angélica Santini. “O que uma pessoa que não tem etiqueta pode esperar alcançar no trabalho?”, questiona ela.

“Gentileza gera gentileza”, lembra Glorinha. E comportamentos inconvenientes? – alguém poderia perguntar. “Isso abala a vida do indivíduo, pois ela acaba se tornando uma pessoa indesejável”, acredita Angélica. Para Glorinha, os segredos da etiqueta estão na simplicidade e no respeito ao próximo.

Satisfação pessoal foi o que motivou a secretária Rosângela Linares Fallavena, 45 anos, a buscar aulas de boas maneiras. “Antigamente, eu costumava andar e me sentar de maneira errada, e por isso tinha muitas dores nas costas. Hoje, consegui corrigir minha postura e o incômodo na coluna passou.”

Fonte: Jornal da Cidade


Siga o Rio de Janeiro no Instagram:
Cadastre-se rapidamente para comentar, escolha sua Rede Social favorita.
(Se não estiver vendo mais os ícones das Redes Sociais, significa que já está cadastrado).
Li e concordo com os termos de serviço.

1 Comentário »

Comente! »





Alguns artigos são escritos pela equipe do Dr. Alberto Birman

Warning: Parameter 1 to W3_Plugin_TotalCache::ob_callback() expected to be a reference, value given in /home/blogpop/www/wp-includes/functions.php on line 3250