Warning: Declaration of Walker_Page::start_lvl(&$output, $depth) should be compatible with Walker::start_lvl(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/post-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Page::end_lvl(&$output, $depth) should be compatible with Walker::end_lvl(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/post-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Page::start_el(&$output, $page, $depth, $args, $current_page) should be compatible with Walker::start_el(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/post-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Page::end_el(&$output, $page, $depth) should be compatible with Walker::end_el(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/post-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_PageDropdown::start_el(&$output, $page, $depth, $args) should be compatible with Walker::start_el(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/post-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Category::start_lvl(&$output, $depth, $args) should be compatible with Walker::start_lvl(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/category-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Category::end_lvl(&$output, $depth, $args) should be compatible with Walker::end_lvl(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/category-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Category::start_el(&$output, $category, $depth, $args) should be compatible with Walker::start_el(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/category-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Category::end_el(&$output, $page, $depth, $args) should be compatible with Walker::end_el(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/category-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_CategoryDropdown::start_el(&$output, $category, $depth, $args) should be compatible with Walker::start_el(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/category-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Comment::start_lvl(&$output, $depth, $args) should be compatible with Walker::start_lvl(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/comment-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Comment::end_lvl(&$output, $depth, $args) should be compatible with Walker::end_lvl(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/comment-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Comment::start_el(&$output, $comment, $depth, $args) should be compatible with Walker::start_el(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/comment-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Comment::end_el(&$output, $comment, $depth, $args) should be compatible with Walker::end_el(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/comment-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Nav_Menu::start_lvl(&$output, $depth) should be compatible with Walker::start_lvl(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/nav-menu-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Nav_Menu::end_lvl(&$output, $depth) should be compatible with Walker::end_lvl(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/nav-menu-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Nav_Menu::start_el(&$output, $item, $depth, $args) should be compatible with Walker::start_el(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/nav-menu-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Nav_Menu::end_el(&$output, $item, $depth) should be compatible with Walker::end_el(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/nav-menu-template.php on line 0

Warning: Creating default object from empty value in /home/blogpop/www/wp-content/plugins/smart-seo/smart_framework/functions/core.php on line 8

Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/blogpop/www/wp-includes/nav-menu-template.php:0) in /home/blogpop/www/wp-content/plugins/wp-greet-box/includes/wp-greet-box.class.php on line 493
Veja como são feitos: Parto Natural e Parto Cesária | BlogPop, Feito por Anônimos

Veja como são feitos: Parto Natural e Parto Cesária

@BrunoSwell 23/07/2009 0

Siga o Rio de Janeiro no Instagram: :)

Este vídeo pode ter conteúdo proibido para menores.

Parto Natural e Parto Cesária

1. Escolha um local de acordo com as suas preferências relativamente ao parto. O local pode ser um hospital ou uma clínica, ou mesmo em casa se o desejar. Cada local tem as suas vantagens e desvantagens, informe-se delas.

2. Ao escolher um profissional que vá assistir ao parto – como um médico obstetra -, escolha um em que a sua especialidade seja fazer partos naturais, com pouca intervenção.

3. Faça aulas de yoga pré-natal; estas aulas irão ajudar a controlar a dor e a compreender melhor o seu corpo.

4. Fale com o seu médico assistente e veja qual a sua probabilidade de ter um parto ao natural sem grandes complicações. Se prefere um parto natural deve recomendar ao médico que faça outro tipo de intervenção no parto só no caso de esta ser realmente necessária.

5. Pratique movimentos Kegels diariamente para a ajudar a tomar um maior conhecimento do seu corpo.

6. Escolha um local que permita o parto natural. Enquanto estiver em trabalho de parto, deverá ter total mobilidade. A posição de parto também é bastante importante, a posição deve permitir uma descida do bebé fluida; uma posição mais verticalizada pode ser a melhor alternativa. Essa posição deve e poder mudar de acordo com as dores sentidas e de acordo com o maior conforto da mulher. Pode experimentar agachar-se, mexer-se, andar, etc.…

7. Durante o parto poderá considerar ter ao seu lado uma parteira, ou médico especialista em partos naturais.

8. Peça para monitorizar o batimento cardíaco do bebê, de maneira a não limitar os seus movimentos.

9. Pode beber ou até comer durante o parto se o seu corpo pedir; isto parece estranho mas é importante para manter os níveis de energia e evitar a desidratação.

10. Inscreva-se em aulas de Lamaze de preparação para o parto, certamente irá compreender melhor a lógica de um parto natural.

11. Use métodos de diminuição da dor naturais em vez de fármacos usados para o efeito. Um banho morno por vezes ajuda a diminuir a dor. Pode usar bolas de parto, massagens, aromaterapia, compressas quentes e frias, e medidas deste género – tradicionais do método Lamaze. Antes deve praticar preparando-se adequadamente para o parto.

12. Não dê à luz de costas como usualmente se costuma fazer na maioria dos hospitais. Sentar-se, agachar-se, estar de pé ou deitada de lado são posições mais naturais que aumentam a eficácia das contracções e ajudam ao parto com o factor gravidade.  Só faça força quando o seu corpo pedir, e não permita que as pessoas que a rodeiam lhe digam para fazer força se não sentir que o deve fazer. Não se deve fazer contagens, nem puxar sem que se sinta que o corpo o pede. Um parto natural é um parto que implica deixar o corpo fazer tudo naturalmente.

13.Pense sempre positivamente. Enquanto estiver em trabalho de parto imagine o bebé a descer e a sair suavemente do seu corpo. Durante as contracções imagine estar num local paradisíaco ou imagine em detalhe como vai ser pegar ao colo no seu bebé pela primeira vez. Imagine que o parto vai correr muito bem e que tudo está a correr lindamente. Mantendo os pensamentos negativos longe de si também manterá a ansiedade permitindo-lhe um parto mais relaxado.

14. No fim do parto, o bebê deve estar em contato consigo; deve ter a sua pele em contacto com a dele para o manter quente ajudando assim o seu bebê a regular o batimento cardíaco.

15.Faça sempre questões sobre este método ao seu médico assistente. Questione sempre os riscos e os benefícios desta opção. Saiba que nem sempre é possível tomar este caminho, mesmo que previsto previamente, pois na ocasião do parto pode ter que mudar e deixar para trás o sonho do parto natural, para evitar riscos para si ou para o bebê.

 


Siga o Rio de Janeiro no Instagram:
Cadastre-se rapidamente para comentar, escolha sua Rede Social favorita.
(Se não estiver vendo mais os ícones das Redes Sociais, significa que já está cadastrado).
Li e concordo com os termos de serviço.

Comente! »





Alguns artigos são escritos pela equipe do Dr. Alberto Birman

Warning: Parameter 1 to W3_Plugin_TotalCache::ob_callback() expected to be a reference, value given in /home/blogpop/www/wp-includes/functions.php on line 3250