Warning: Declaration of Walker_Page::start_lvl(&$output, $depth) should be compatible with Walker::start_lvl(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/post-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Page::end_lvl(&$output, $depth) should be compatible with Walker::end_lvl(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/post-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Page::start_el(&$output, $page, $depth, $args, $current_page) should be compatible with Walker::start_el(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/post-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Page::end_el(&$output, $page, $depth) should be compatible with Walker::end_el(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/post-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_PageDropdown::start_el(&$output, $page, $depth, $args) should be compatible with Walker::start_el(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/post-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Category::start_lvl(&$output, $depth, $args) should be compatible with Walker::start_lvl(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/category-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Category::end_lvl(&$output, $depth, $args) should be compatible with Walker::end_lvl(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/category-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Category::start_el(&$output, $category, $depth, $args) should be compatible with Walker::start_el(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/category-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Category::end_el(&$output, $page, $depth, $args) should be compatible with Walker::end_el(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/category-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_CategoryDropdown::start_el(&$output, $category, $depth, $args) should be compatible with Walker::start_el(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/category-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Comment::start_lvl(&$output, $depth, $args) should be compatible with Walker::start_lvl(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/comment-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Comment::end_lvl(&$output, $depth, $args) should be compatible with Walker::end_lvl(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/comment-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Comment::start_el(&$output, $comment, $depth, $args) should be compatible with Walker::start_el(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/comment-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Comment::end_el(&$output, $comment, $depth, $args) should be compatible with Walker::end_el(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/comment-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Nav_Menu::start_lvl(&$output, $depth) should be compatible with Walker::start_lvl(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/nav-menu-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Nav_Menu::end_lvl(&$output, $depth) should be compatible with Walker::end_lvl(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/nav-menu-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Nav_Menu::start_el(&$output, $item, $depth, $args) should be compatible with Walker::start_el(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/nav-menu-template.php on line 0

Warning: Declaration of Walker_Nav_Menu::end_el(&$output, $item, $depth) should be compatible with Walker::end_el(&$output) in /home/blogpop/www/wp-includes/nav-menu-template.php on line 0

Warning: Creating default object from empty value in /home/blogpop/www/wp-content/plugins/smart-seo/smart_framework/functions/core.php on line 8

Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/blogpop/www/wp-includes/nav-menu-template.php:0) in /home/blogpop/www/wp-content/plugins/wp-greet-box/includes/wp-greet-box.class.php on line 493
Mulheres Polêmicas? Individualistas? Diferentes? | BlogPop, Feito por Anônimos

Mulheres Polêmicas? Individualistas? Diferentes?

@BrunoSwell 20/06/2009 18

Siga o Rio de Janeiro no Instagram: :)
Certa vez, ainda quando estava solteiro, e conhecendo algumas meninas percebi como estava a maioria delas, então resolvi fazer este mesmo post em uma grande comunidade do Orkut. Por se tratar de um tema muito polêmico, até porque lá mesmo no orkut teve cerca de 250 mensagens de resposta sobre esse assunto.

Vou postar igualzinho aqui:

Data: 12 jan 2009

Vai dar um bafafá essa pergunta…

Introdução:

Sempre gostei de namorar, pelo menos nos últimos 14 anos passei namorando com 3 mulheres diferentes(uma delas fiquei juntado praticamente 7 anos), e em rodas de amigos tem uma pergunta que não quer calar… (Calma, separadamente, sendo fiel, rs)

Sempre fui um homem mais emocional, agora venho sendo muito mais racional, porque parece que os tempos mudaram e vem me assustando.

Estou procurando? Não, espero acontecer…

Gosto de mulher com conteúdo…

“Homem para mim tem que pagar tudo”

Não somos otários, como diria o texto do jabor: www.webprofissional.com.br/jabor/jabor.txt em um relacionamento temos que somar e não subtrair como tem acontecido.

Se mulheres estão adquirindo espaços iguais aos homens, por que não podemos ter direitos iguais em relacionamentos?

Acredito que ser cavalheiro de vez em quando pagando não seja ruim, mas sempre?

Por que na maioria das vezes as mulheres estão com muitos problemas, mercenárias ou dadas demais? Sabe aquele tempero de conquista? Pois é… Cadê?

O que acontece? i smile Mulheres Polêmicas? Individualistas? Diferentes?

Bjo para vocês meninas!


Siga o Rio de Janeiro no Instagram:
Cadastre-se rapidamente para comentar, escolha sua Rede Social favorita.
(Se não estiver vendo mais os ícones das Redes Sociais, significa que já está cadastrado).
Li e concordo com os termos de serviço.

18 Comentários »

  1. Lysbella 22/06/2009 at 11:46 PM - Reply
    Mercenárias procuram os magnatas para pagar suas contas. Se tiverem algo a oferecer. Uma bunda empinada e seios firmes a base de silicone. Com a cabeleira artificialmente colorida. Diga com quem andas e eu direi quem tu és. Acabamos atraindo pessoas com a mesma vibração. O problema é que se espera muito do outro. Criam-se diferentes expectativas. Muitas vezes se preocupam mais com a embalagem do que com o conteúdo. As mulheres têm que ser bonitas, educadas, inteligentes, independentes, (sem querer mandar) e cordatas. Na visão idealizada. São dadas? São sim, a mídia expõe essa doação erótica diariamente. Até para audiência ser maior, já que os homens necessitam de mulheres sensuais como apelo para diversas campanhas. A boa, que não é tão boa para quem sofre com problemas de alcoolismo na família. A mais gostosa, entre tantas outras propagandas que nos bombardeiam com o erotismo explícito. Mulheres “frutas” , que precisam estar constantemente mostrando os seios e a bunda na televisão , na revista masculina Etc. Na visão deturpada dos estrangeiros sobre a mulher brasileira como garotas de programa. Na exploração sexual infantil e tantas outras misérias que nos assolam. Quem paga a conta no final de tudo?
  2. Flavia 21/06/2009 at 9:46 AM - Reply
    A resposta está nesta linha “Se mulheres estão adquirindo espaços iguais aos homens, por que não podemos ter direitos iguais em relacionamentos?” É isso mesmo, os homens também mudaram. A vida nas cidades está mt difícil. Vejo muito mais casais atualmente do q ha uns cinco anos atras, simplesmente porque é preciso dividir e somar pra poder sobreviver, ou então, voltar pra casa da “mamãe”. Por outro lado tem mulheres e homens q preferem o celibato simplesmente porque cansaram de se envolver com “as pessoas erradas”.
    Se uma mulher é emancipada (trabalha, ganha bem) ela até pode colaborar com o parceiro. Mas, se for uma pobre coitada q ta esperando q outro pobre coitado banque tudo, vai acabar morando num barrraco alugado na favela e dividindo os trapos.
    Meu filho, um menino de 12 anos, acha q quando casar não vai querer q a mulher trabalhe, ele tem certeza q vai ser rico e poder sustentar a familia. Tratei de mudar o pensamento dele (não sei se adianta) e disse q a mulher dele vai trabalhar se for o objetivo dela e ele tem q respeitar. Agora de onde meu filho tirou isso?
    Isso é da natureza do homem, uma coisa atavica da época das cavernas quando o homem ia caçar ou colher os alimentos e a mulher ficava cuidando dos filhos e do preparo da comida.
    Hj em dia tem geladeira, maquina de lavar, e tudo mais, que não esta se precisando nem de “empregada” uma figura em extinção. E hj em dia quando o homem “vai caçar” a mulher que se cuide pq a “selva” mudou e uma vida estável do lado do maridinho pode acabar num processo de divorcio com troca de ofensas de ambos.
    Por incrivel q pareça ainda é uma minoria as tais “mulheres emancipadas”. A maioria sonha em casar e ter um sacrificado pra sustentá-las e o troco nem sempre são de flores.
    Acredito q a “instituição casamento” ta falida tantos são os homens casados q continuam desesperados atrás de outras mulheres como se fosse a coisa mais natural do mundo e como se les fossemos últimos homens da terra.
    Enfim, nosso mundo é um todo de ilusões, e no final o q importa é viver e curtir o “amor eterno enquanto dure” como dizia o poeta e como diz algumas mulheres “enquanto banque” e outras “enquanto duro”.
  3. Sarah 21/06/2009 at 3:45 AM - Reply
    Na boa…pra mim homem nao tem que pagar tudo…na época que namorava com meu marido era assim, ele pagava, mas eu sempre contribuia por conta própria e não pq tinha que dividir conta. Tipo assim, se a conta desse 50 eu dizia: toma aqui 20…sabe e às vezes ate hj depois de casados isso acontece, não sei pq…Agora conta de motel não…ai sim ele pagava hahaha, eu tenho certeza que eu já pagava à ele com coisas melhores…e outra, a mulher pagar o motel é meio estranho. Não vejo obrigatoriedade do homem sempre estar pagando tudo, mas se ele sentar na ponta da mesa, ai sim …brincadeiraa…já passou o tempo disso, hj em dia isso não é mais sinônimo de cavalheirismo…se der para pagar tudo, ok, mas se nao, “nóiz racha” no problem ;)
  4. Danielle S. 21/06/2009 at 1:40 AM - Reply
    Bruno Swell li o que você escreveu. Meu comentário faz referência ao fato que muitos homens (não posso nem imaginar o motivo)GOSTAM de pagar SEMPRE para as mulheres.

    Com base nisto sugeri: cada um que ache seu par!

    Da mesma forma que existem mulheres que gostam de ser bancadas existem homens que gostam de bancar. E da mesmo forma que existem mulheres “parceiras” existem homens “parceiros”, e existem, ainda, mulheres que gostam de bancar homens e homens que gostam de ser bancados. E uma infinidade de outras combinações…

    Não acredito que a maioria das mulheres atualmente goste de ser bancada, mas sem dúvida hoje existem mais mulheres com esse perfil.

    Mas penso que se você gosta de alguém não tem pretensão de obter vantagem sobre a pessoa e sim de colaborar, já se não gosta, não se importa…

    Entendido? ;)

    • @BrunoSwell 21/06/2009 at 2:41 AM - Reply
      Referente ao comentário nº11

      Dani,

      Tem homem que gosta de mandar, de ser machista e porque vocês mulheres não dizem não? Por que não ser mais independente? Não estão conquistando cada vez mais espaços? Então, porque não dizem não, eu vou pagar e ponto.
      Já se imaginou no final do motel, com todo respeito, mas pagando o motel?
      Por que a mulher não pode? Alguém faz algo sozinho?
      Lógico que existe a cultura, mas o antigo é antiquado nesse caso, já passou, já teve seu “time”, acabou sabe?
      Ah sim, existe pessoa de todo tipo :)
      Acredite, na maioria das vezes elas falam: Ele é rico, ele tem $$, ele me banca, e fala isso com um tom como se fosse uma coisa normal, uma coisa do tipo NORMAL. Você se desfarsar de homem e frequentar mais rodinhas de homens, não tô falando de meninos, de homens… a verdade é bem diferente.
      bjo :)

  5. Ezieli 20/06/2009 at 10:00 PM - Reply
    Sem apelar ao feminismo, vou tentar uma resposta à altura do teu post…

    Acontece que…
    O fato de pagar ou deixar de pagar ‘continhas’ durante o relacionamento creio q nao muda em nada, o q mais me chateia hj em dia…É realmente o fato de…Vcs homens talvez quererem massificar e generalizar as mulheres, o q nos faz ‘pagar o pato’ por uma grande maioria, reconheço, q não anda realmente se dando o valor.
    Olha, te aconselho a continuar sendo o emocional de sempre, pq o coração sente quem te merece. Comigo funcionou sempre, afinal as mascaras uma hora caem!
    E dai qdo tiver com um alguem de valor ao teu lado, tenho certeza q o q menos te preocupará será o ‘valor’ do jantar…

    Um beijo pra ti,
    *by Zi

    • @BrunoSwell 21/06/2009 at 2:27 AM - Reply
      Referente ao comentário nº7
      Ezieli,

      Pagar continhas não tem nada demais. Chateada por massificar? Poxa Ezieli, mas a maioria pensa assim, massificamos pelo simples fato das mulhreres não se darem mais o valor devido, aquele gostinho de conquista, sabe, não existe na maioria das mulheres. Errar é humano, mas a maioria persiste nisso. Te aconselho a ter equilíbrio, ser mais emocional não adianta nada, assim como ser mais racional também não. Qual a mulher que gosta de homem mole? “Tem que saber pisar, pisar descalço, porque com sapato machuca” Você gosta muito pegajoso, mais emocional? Você diz isso porque a maioria das mulheres são emocionais e os homens mais racionais. Mas o equilíbrio está em alta :)
      Já tenho alguém que me dá valor, namoro há quatro meses, falei lá em cima, você não leu o tópico direito, rs
      bjo :)

  6. Danielle S. 20/06/2009 at 8:39 PM - Reply
    Pois é os tempos mudaram… Tem gente de todos os estilos, para todos os gostos. Falo de mulheres e homens.

    Com tanta gente no mundo, ainda que muitos sejam mercenários, dados, problemáticos, sempre existirão pessoas bacanas, charmosas, inteligentes, divertidas, com tempero de conquista…

    Claro, os tempos mudaram. Está cada vez mais difícil encontrar os tipos legais… FATO :P

    Se todas as pessoas fossem incríveis seria ótimo, mas.. Fazer o quê?

    Por mim cada um pode ser do jeito que quiser… Apenas escolho com cuidado quem eu quero do meu lado. ;)

  7. Juliana Aquino 20/06/2009 at 8:24 PM - Reply
    Cavalheirismo é algo fundamental no relacionamento e pagar a conta, principalmente nos primeiros encontros é bacana, mas pagar tudo sempre não quer dizer nada. Acho q com o decorrer do tempo dividir a conta ou até mesmo um dos dois pagar alguma delas (restaurante, cinema…) não é problema. Problema fica por conta de outras coisas como deslealdade, infidelidade, falta de caráter e violência. Isso sim é inaceitável. Agora pagar sempre é frescurite de mulher! Ou fica com um cara rico ou cai na realidade e seja parceira.
    • @BrunoSwell 21/06/2009 at 2:04 AM - Reply
      Referente ao comentário nº5
      Ju,

      “Ou fica com um cara rico ou cai na realidade e seja parceira.” Pois é, se a maioria pensasse em ser parceira e não fosse gananciosa pensaríamos diferente, rs

      Parabéns pelo seu comentário :)
      bjo

  8. Lorena 20/06/2009 at 8:19 PM - Reply
    Concordo plenamente se nos mulheres lutamos por ser igual a vcs…nao eh justo vc pagarem tudo(ah outras maneiras de ser cavalheiro)!…nem todas as mulheeres sao dadas!#fato# mas interessante pq conversei sobre isso essa semana …cade a conquista!?!…hahah como o post ali de cima…cuidado com as mulheres q vc ta andando! hahahaha*Mtu bom o texto…
    • @BrunoSwell 21/06/2009 at 1:54 AM - Reply
      Referente ao comentário nº4

      Lorena,

      Nessa época que escrevi isso eu estava solteiro, passei 4 meses solteiro depois de muito tempo namorando, fiquei, sai ficando, pegava, conquistava e me deparei com a maioria e com algumas que valiam a pena, achei mulheres na rua, em livrarias, em eventos, praia, etc
      O que é uma boa cantada? Hoje está difícil né? rs
      Sempre fui um cara de não pegar mulheres em boates, calma, lógico que já fiquei com elas em boates, mas não é o que eu apreciava mais, adoro essa coisa de conquista, acredito muito na criatividade desde o começo até mesmo depois de “estar conquistada” continuar a ser criativo.
      Muito seletivo? Beleza? Mulher é um conjunto!
      FOCO! rs
      Vocês lutam para ter mais direitos, ter direitos iguais nada mais justo :)
      Ninguém faz nada sozinho… rs
      O que custa dividir? bjo

  9. Marcia 20/06/2009 at 8:05 PM - Reply
    Ah sei lá, eu não me importo, os tempos são outros, isso de pagar não importa muito. Aliás, muitas vezes eu paguei cinema pro meu ex, lanche e tal, quando ele não tinha dinheiro. Quando eu não tinha dinheiro, ele pagava, e quando os dois tinhamos dinheiro, cada um pagava sua parte.
    E tem mulher que só gosta de homem que tenha carro, acho pura besteira… o.O não me importo com essas coisas. O que importa mesmo é amar, sem esse joguinhos.
    • @BrunoSwell 21/06/2009 at 1:31 AM - Reply
      Referente ao comentário nº3

      Márcia,

      É difícil encontrar uma menina que tenha essa força de vontade de compartilhar, parabéns pelo seu conceito de vida. Palmas para você! :)

  10. alice 20/06/2009 at 8:03 PM - Reply
    eu nao pago nenhuma conta e nao sou mercenária, tão pouco dada demais. :)
    • @BrunoSwell 21/06/2009 at 1:27 AM - Reply
      Referente ao comentário nº2

      Alice, Já parou para rever se esse é o melhor conceito de vida? E se você casar e depois separar? Acho que você poderia ser mais independente e passa a pelo menos dividir, afinal vocês não fazem as coisas sozinhas. :)
      bjo

  11. Danielle S. 20/06/2009 at 8:00 PM - Reply
    Você está andando com as mulheres erradas… FATO! :P
    • @BrunoSwell 21/06/2009 at 12:27 AM - Reply
      Referente ao comentário nº1

      Danielle S., Acho que você não leu direito o que escrevi… “Quando estava, quando eu era solteiro”.
      Mas não esse o caso, o caso é que a maioria das mulheres estão assim, se puderem deixar o homem pagar tudo é festa, falo isso porque tenho amigas e elas falam das amigas e realmente a maioria se comporta assim, nunca se oferecendo para dividir ou ao menos pagar sozinha? :)

Comente! »





Alguns artigos são escritos pela equipe do Dr. Alberto Birman

Warning: Parameter 1 to W3_Plugin_TotalCache::ob_callback() expected to be a reference, value given in /home/blogpop/www/wp-includes/functions.php on line 3250